MULHER MORRE APÓS FAZER CIRURGIA PARA RETIRADA DE ÚTERO EM UNAÍ

De acordo com a família, Magna Martins de Farias no dia 1 de Março de 2019, passou por uma cirurgia Histerectomia no Hospital Santa Mônica. No primeiro dia após a operação, a paciente foi liberada e alguns dias depois começou a sentir dores no abdômen e apresentou secreções no local dos pontos.

Os parentes alegaram a nossa reportagem ter acionado o Hospital Santa Monica sobre a situação da paciente e que foi informado para a família procurar o Hospital Municipal.

VERSÃO DAVID FILHO DA PACIENTE

Minha mãe foi fazer uma cirurgia para retirar o útero, mas ela acabou tendo algumas complicações depois por causa da cirurgia, porque o médico veio fez sete cirurgias no mesmo dia, foi embora no mesmo dia e não esperou nem para ver se iria dar alguma complicação e só deixou um laudo para os enfermeiros falando que no outro dia podia dar alta para ela, a equipe que fez a cirurgia dela é terceirizada pela prefeitura com um convênio com o Hospital Santa Mônica, depois de ter dado essa complicação voltamos no Hospital Santa Monica e eles não quiseram atender ela da maneira correta, fizeram só uma tomografia deram uma olhada mais ou menos e foi só isso também, chegaram para nós e falaram que nós podíamos vir para o pronto socorro que agora era com eles”. Afirma David.

VERSÃO DO HOSPITAL SANTA MÔNICA

Segundo a administradora do hospital a paciente Magda Martins foi internada dia “1 de março de2019”, Ela ainda afirma que a paciente fez a cirurgia no hospital com uma equipe de Belo Horizonte com todos os tipos de especialista: “Essa equipe veio especificamente para fazer as cirurgias do mutirão, eles fazem a cirurgia acompanham o paciente um ou dois dias e dão alta, o medico deu alta para ela e ela foi embora a bom estado agora sobre ela ter feito outra cirurgia eu não estou sabendo, porque hoje a única coisa que me pediram foi uma copia do prontuário, nós entregamos no sábado, os parentes dela vieram aqui e pediram uma tomografia e foi feita, na sexta-feira pediram um raios-X e nós fizemos e não foi cobrado nada da paciente, estou sabendo que eles estão solicitando UTI, nós estamos tentando contato com Patos de Minas e Belo Horizonte para ver se conseguimos para a paciente, porque ela saiu boa em bom estado e todos os exames de ultra-som tomografia que pediram nos fizemos” declarou a administradora.

CONTRATO DO CONVÊNIO PREFEITURA E SANTA MÔNICA

O Contrato teve início em 16/04/2018 e vigorou até o dia 16/10/2018. Podendo ser prorrogado de acordo com a necessidade da Administração e o Art. 57. da Lei Federal 8.666/93. (Observação “foi feito um aditivo para prorrogar o contrato até dia 16 de março de 2019”).

O presente Contrato tem por objeto a contratação do Hospital Santa Mônica na área de saúde. Para realizar cirurgias eletivas na área de cirurgia geral, cirurgia de Adenóide, cirurgia de Adenoamigdalite, de Colecistectomia, cirurgia de Hérnia (Iguinal/Umbilical) cirurgia de Histerectomia, para suprir as necessidades do hospital municipal Dr. Joaquim Brochado.

Os exames pré operatórios e os riscos cirúrgicos é de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Unaí.

Em caso de transfusão de sangue e complicações cirúrgicas os pacientes serão encaminhados ao Hospital Municipal Dr. Joaquim Brochado e ficarão sob a supervisão da equipe do Hospital Santa Mônica.

Se houver necessidade de análise patológica é de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Unaí.

As pré anestesias, e as avaliações dos exames pré operatórios é de responsabilidade do Hospital Santa Mônica.

AVERIGUAÇÃO NO HOSPITAL MUNICIPAL

Procuramos o hospital Municipal na última segunda feira, 11 de março às 18h15min para ter maiores informações como que se encontrava o estado de saúde de Magda, mais no momento que chegamos lá não havia ninguém responsável no momento e somente três médicos estavam atendendo em seus consultórios. E tentamos contato com o responsável pela enfermaria e ele não quis se pronunciar sobre o caso. Nossa reportagem acionou a policia militar para registrar um boletim de ocorrência para comprovar a nossa ida ao hospital para efeito de comprovação que a tentativa de contato com os responsáveis. Segundo Informações de familiares Magna foi transferida na madrugada de segunda para Terça para uma UTI em Patos de Minas. Mas infelizmente na noite de quarta feira Magna Martins veio a óbito.

Nós do Portal Iluminar deixamos os pêsames a toda à família. Muita força, muita coragem, e perante a inutilidade de qualquer consolo na perda, relembrem quem foi à pessoa que partiu e na saudade, memória e amor dos que ficaram ela viverá para sempre.

Texto: Robismar Pereira.