A peça O Bem Amado montada, pelo Grupo Teatral Fênix, fechou com chave de ouro a 7ª Semana de Arte e Cultura do CEPASA. O evento, que já faz parte do calendário cultural de Unaí, contou com a participação de vários artistas locais e convidados, foram 7 dias de muitas atividades culturais, como não podia deixar de ser, o Grupo Teatral Fênix foi convidado à participar do evento com a montagem do texto do dramaturgo brasileiro Dias Gomes, que esse ano completa 20 anos de sua morte num trágico acidente de carro.

O Grupo Teatral Fênix se propôs montar O Bem Amado para homenagear o escritor, a peça tem sua estréia oficial para fins de junho, mas o público presente no CEPASA pode ver um pouco do que será levado para a Sala do Teatro Fênix e praças da cidade. Com uma crítica a política brasileira e a forma como os políticos vendem sonhos para os eleitores, Dias Gomes é rescrito de forma a surpreender o público já que o texto principal já foi montado no cinema e na TV.

Dirigido pelo ator e Produtor Cultural César Júnior, o Grupo Teatral Fênix comemorou, agora em 2019, 23 anos de existência. No palco os atores Robismar Pereira, Mirelly Reis, Victória Nunes, Gleyson di Tellecko, Juliana Rodrigues, Robertyman Leury e César Júnior deram vida aos fictícios moradores de Sucupira, uma cidade esquecida no interior da Bahia e que sofre com o descaso dos governantes, prato cheio para políticos oportunistas como Odorico Paraguaçu, um coroné candidato a prefeito do lugar.

A peça entrará em cartaz no Centro de Cultura Maria Torres Gonçalves (Teatro de Bolso) no final de junho.

Fotos:Ilton Vieira.