PROJETOS DA MESA DIRETORA DA CÂMARA DA CIDADE DE BONFINÓPOLIS MINAS SUGERE REDUÇÃO DO PRÓPRIO SALÁRIO

Mesa Diretora da Câmara da cidade de Bonfinópolis Minas, cidade do Noroeste Mineiro, a 130 km Unaí, apresentou nesta semana um projeto que reduz os próprios salários e os rendimentos do prefeito, vice e secretariado do município.

Na reunião dessa segunda  feira (17/02), dois projetos de Leis Municipais , o 06/2020 e 07/2020, o primeiro dispõe sobre a fixação dos subsídios Mensais do Prefeito, Vice Prefeito e Secretários Municipais para o quadriênio 2021/2024 e o 2° dispõe sobre a fixação mensal dos subsídios dos Vereadores para o quadriênio 2021/2024 com as seguintes reduções salariais: Vereadores Salários Atuais R$3.147,58 com nova  proposta R$2.300,00, Secretários Municipais salários atuais R$3.147,58, com nova proposta R$2.300,00, Vice Prefeito salários atuais R$4.500,00 com a nova  proposta R$2.500,00, Prefeito Municipal: Salário Atual R$9.156,61, com nova  proposta R$6.500,00,

Segundo Reginaldo Palma foi apresentado os projetos porque conforme a lei que fixa os subsídios e salários desses cargos políticos acima mencionado tem que o fazer sempre até o mês de junho que antecede às eleições,  veja o que o presidente disse : “como não apresentamos também em 2016 resolvemos baixar uma vez que entendemos que o político não pode ganhar mais que o Professor e como o piso nacional dos salários deles é de R$2.886,24 carga horária de 40hs semanais, com esse Projeto caso aprovado pela Câmara Municipal, apenas o Prefeito receberá mais que os Professores dentre os ocupantes dos Cargos políticos do nosso município” afirmou Reginaldo.

A nossa reportagem analisou os projetos e observamos que em 4 anos se o projeto for aprovado o município economizará o equivalente a mais se 1 milhão de reais, o que daria para contribuir e muito com a próxima administração nos investimentos em saúde, infraestrutura e quem sabe ajudar na demanda antiga dos servidores municipais.

Em conversa com o vereador Reginaldo Palma ele nos disse que cinco vereadores já estão favoráveis ao projeto: Reginaldo Palma, Robinho da Cruz, Celia Morais, Zezinho Despachante, Geraldo Henrique. Esses são os vereadores que se manifestaram até o momento favoráveis ao projeto.   

Os Projetos foram protocolados e agora vai ser apreciados pela comissão Legislação e justiça depois vai para a comissão de finanças e segundo Reginaldo Palma o projeto ao chegar na reunião ordinária tem 5 votos para aprovar.

2 COMMENTS

  1. Apresentamos o projeto na segunda feira agora , queremos aqui apenas corrigir um erro material na postagem, no final da matéria onde se fala temos 5 votos p aprovar
    o correto seria precisamos de 5 votos p aprovar os projetos!!!abcs

  2. Só quero ver como vão conseguir médicos por R$ 6.500,00, já que a Constituição Federal determina nenhum servidor público municipal pode ganhar mais que o prefeito.

Comments are closed.