Mais uma grande obra de modernização e ampliação da Estação de Tratamento de Água do Saae. Administração Geraldo Oliveira.

O Serviço Municipal de Saneamento Básico de Unaí, anunciou através de seu Diretor Geraldo Oliveira em um vídeo que a primeira fase da duplicação da estação de Água, está em finalização. Já era mesmo tempo, pois nossa cidade cresceu muito nos últimos anos e uma estação simples, como era a nossa já não mais atendia de maneira satisfatória a nossa população. Quem destaca isso é o senhor Geraldo Oliveira, diretor geral do SAAE Unaí:“Unaí crescei vertiginosamente, essa estação aqui já não atendia mais, pois ela possui uma capacidade de 145 litros por segundo e está tratando mais de 200 litros”.Destacou Geraldo, que também comentou que foram desenvolvidos estudos dirigidos pelo Professor Marcos Viana que é PHD na Universidade Federal de Minas Gerais UFMG, que aceitou realizar a concepção e elaboração do projeto de modernização e duplicação da estação de Unaí.

O novo sistema que irá operar na unidade será totalmente automatizado, garantindo assim uma maior eficiência na entrega do resultado final.

Marcelo Salomão, gerente técnico do protejo destaca “Esse é um projeto que está sendo desenvolvido para atender a comunidade até o ano de 2.050”. A previsão para que a primeira etapa entre em operação é para Outubro deste ano, pois é nesse período que a estação passará a receber mais água através do novo sistema que também passara a operar no Rio Preto. Geraldo ainda destacou que o orçamento geral da obra foi de 16 milhões, sendo 11 para a estação de tratamento e 5 milhões destinados ao novo sistema de captação de água no leito do Rio Preto.

No entanto, segundo informações contidas no próprio vídeo, a capacidade de aumento só entrara em real vigor a partir de maio de 2021, quando passará a estação mais que dobrará sua capacidade, passando de 145L/S para 360L/S.

O projeto ainda garante que após a conclusão total a estação poderá atender uma cidade com uma população de até 180 mil habitantes. Em termos números significa que mesmo se a população de Unaí duplicar nos próximos anos ela ainda sim atenderá sem nenhum risco.

Todo o sistema que hoje opera com o mesmo material de sua construção nos que foi nos anos 80, foi trocado e modernizado através de recursos oriundos do próprio SAAE. Esperamos que assim a partir de outubro desse ano a população já comece a notar as pequenas melhorias.