COVID-19: SESAU PEDE QUE POPULAÇÃO NÃO RELAXE NAS MEDIDAS DE PROTEÇÃO

Usar máscara de proteção, manter o distanciamento social, higienizar as mãos com frequência e evitar aglomerações estão entre as medidas que a secretária municipal de Saúde, Denise de Oliveira, pede que a população mantenha ativas, para evitar novas ondas de infecção.

Os gráficos mostram que os números de casos confirmados entraram em queda a partir de agosto, o que levou parte da população a ter a falsa sensação de fim da pandemia ou de extinção do vírus. “Eu tenho a impressão de que as pessoas cansaram de ficar dentro de casa, de tomar os cuidados. Isso acende um sinal de alerta”, explica Denise.

Ao acompanhar o gráfico com a evolução dos números, percebe-se, em parte, porque muitas pessoas relaxaram e se acomodaram, porém, a oscilação nos números chamam a atenção. O pico da infecção em Unaí se deu em agosto, quando foram registrados 255 casos numa única semana. Nesse auge da infecção, a Central COVID instalada no Hospital Municipal chegou a ter 27 pacientes internados.

Dois meses depois, portanto em meados de outubro, o número de casos confirmados em uma semana atingiu o menor índice de infecção: 28 casos. Porém, na semana seguinte, o número de infectados voltou a subir, atingindo 101 pacientes. Na última semana de outubro, queda para 68, mas na primeira semana de novembro, novo aumento: 89 casos.

A PANDEMIA NÃO ACABOU

“Como vimos, o vírus não sumiu, como muitos pensam. Continua circulando na cidade. Por isso, a necessidade de manter as medidas preventivas e de proteção. Sozinha, a Administração Municipal não dá conta, portanto, precisamos que a população faça sua parte e nos ajude a manter os números lá embaixo”, ressaltou Denise, dizendo-se preocupada, porque aumentou muito o atendimento da Central COVID no Parque de Exposições: somente num dia da semana passada, foram atendidas cerca de 200 pessoas com sintomas.

Denise lembra que os decretos municipais com as variadas restrições e/ou proibições continuam em vigência e afirma que o município foi flexibilizando algumas medidas para adaptação à realidade (como abertura gradual do comércio e outros estabelecimentos), mas com restrições visando à prevenção e proteção da população. Em nenhum momento, houve o “liberou geral”.

AS AÇÕES CONTINUAM

A Administração Municipal vem mantendo a política de enfrentamento ao novo coronavírus: continuam funcionando o teleatendimento médico (número de telefone para a pessoa relatar sintomas gripais e tirar dúvidas – 3677-4988), a Central de Atendimento no Parque de Exposições (para pessoas com sintomas gripais), a equipe volante (para acompanhamento dos casos em área sem cobertura de PSF) e a Central de internação (com leitos para covid no Hospital Municipal).

As coletas para testes de PCR seguem para Belo Horizonte todas as segundas, terças e quartas. Os resultados costumam chegar a Unaí às sextas-feiras.

Na manhã desta sexta-feira (20/11), dois pacientes (um de Unaí e outro de Buritis) ocupavam leitos de UTI no Hospital Santa Mônica. Na Central Covid do Hospital Municipal, um paciente se encontrava internado.

DADOS DE HOJE

Data: 23 / 11   /  2020.

         Horário: 10: 00 h

         Local:     UTI INTENSILIFE/ HOSPITAL SANTA MÔNICA

PACIENTES INTERNADOS:  02

CIDADE DE ORIGEM:

  • 01 DE UNAÍ.
  • 01 BURITIS

ÓBITO: 01 Unaí

  • Data: 23 / 11 / 2020
  • Horário: 00 : 24   hs
  • Sexo: () FEMININO (X) MASCULINO
  • Cidade: UNAÍ
  • Idade: 65 anos

ALA COVID HMU 23/11

TOTAL: 05 PACIENTES INTERNADOS

03 pacientes confirmados

02 pacientes suspeitos

SEXO

03 homens

02  mulheres

02 em uso de oxigênio