*COVID-19. UNAÍ EM ALERTA*

Em entrevista na manhã desta terça-feira, 16/2, a secretária de Saúde de Unaí, Denise Oliveira, falou sobre a atual situação e como o município está se portando. Oxigênio não é o maior problema.

O município adquiriu em setembro passado uma usina de oxigênio, em um investimento de 374 mil reais, o que nutre o Hospital Municipal com capacidade para atender até 100 leitos.

Essa usina capta o ar ambiente e após extrair, tratar esse oxigênio, o envia direto aos pacientes por canalizações. Todo o oxigênio utilizado no hospital é fabricado por intermédio dessa usina.

Denise Oliveira disse ainda que a exemplo de outros municípios que tiveram problemas com cilindros de oxigênio, Unaí não corre esse risco, mas lembrou que se trata de uma máquina e como tal, pode vir a dar defeito e se isso ocorrer, o sistema de cilindros começa a operar imediatamente.

Sobre o tratamento precoce, ao qual Unaí vem se destacando, a secretária disse que os medicamentos variam de paciente para paciente de acordo com o que foi ministrado pelo profissional médico. Unaí ainda tem um bom estoque de medicamentos para prevenção que vem sendo renovado semanalmente.

Finalizou dizendo que na última sexta-feira, 12/2, foram suspensos todos os procedimentos eletivos diretos e assim abriram-se novos leitos para tratamento da corona vírus e foram contratados mais cinco profissionais para a fiscalização. Pediu à população que se cuide, não saia de casa a não ser necessário, mantenha distância, não aglomere, lave bem as mãos, use álcool em gel ou 70% e uso da máscara.

Proteja-se assim como a sua família. Caso você tenha algum sintoma como dificuldade em respirar, dor de cabeça, febre, dor no peito ou garganta, procure o mais rápido possível o Centro de Triagem no CAIC. *Mais informações pelo telefone: TELE ORIENTAÇÃO COVID 19 – 3677 4988*