VEJA O QUE ESTÁ SENDO DEFINIDO NO FIM DE SEMANA DE CONVENÇÕES EM MINAS

As convenções partidárias continuam este fim de semana em Belo Horizonte. Entre  sábado (30) e este domingo (31), oito grupos políticos, (sete partidos e uma federação), podem definir seus quadros em Minas Gerais para as eleições de 2022.

Será uma rodada marcada, em sua maioria, por definições de apoio já anunciados, com possibilidade de lançamento de algumas candidaturas ao Senado e presença dos presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) nas convenções de seus respectivos partidos.

O prazo estipulado para que os partidos realizem suas convenções vai até dia 5 de agosto, na próxima sexta-feira.

Progressistas (PP)

O PP vai oficializar, neste sábado, o apoio à candidatura à reeleição do governador Romeu Zema (NOVO). Além disso, o partido deve lançar oficialmente a candidatura do deputado federal Marcelo Aro (PP) ao Senado. Aro, no último sábado, foi confirmado na convenção do partido Novo como  candidato ao Senado na chapa de Romeu Zema.

Movimento Democrático Brasileiro (MDB)

A convenção do MDB será realizada também neste sábado e vai oficializar o apoio do partido ao governador Romeu Zema (NOVO). A candidata à Presidência pelo partido, senadora Simone Tebet, estará presente.

 

Partido Democrático Trabalhista (PDT)

O PDT, partido de Ciro Gomes, também vai realizar sua convenção em Minas Gerais neste sábado (PDT). O presidenciável estará presente no evento e a expectativa é de que o partido indique que estará coligado com a chapa do deputado Marcus Pestana (PSDB) ao governo de Minas.

Os trabalhistas trabalham na possibilidade de indicarem o vereador Bruno Miranda (PDT) como o candidato ao Senado na chapa de Pestana. No entanto, essa definição pode ser postergada, por depender ainda da convenção da federação PSDB-Cidadania, marcada para 5 de agosto, que ainda pode decidir pela candidatura do deputado Aécio Neves ao Senado.

Solidariedade (SD)

No plano nacional, o Solidariedade está na chapa de Lula para a Presidência, no entanto, em Minas, o partido optou por caminhar com Zema, principal adversário de Kalil que é apoiado por Lula. Neste sábado, o partido realiza sua convenção em Minas Gerais e vai oficializar o apoio ao atual governador.

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

O PSOL, que é federado com a Rede Sustentabilidade, vai se reunir no sábado para definir os nomes da sigla que estarão nas chapas para deputado federal e deputado estadual, além de lançarem as candidaturas de Lorene Figueiredo ao Governo de Minas e Sarah Azevedo ao Senado. A oficialização, no entanto, ficará para o domingo (31), na convenção da Federação.

 

Unidade Popular (UP)

O partido realiza sua convenção também no sábado, onde vai lançar a candidatura ao Governo de Minas de Indira Xavier e a vice-governadora Edna Gonçalves.

Partido Socialista Brasileiro (PSB)

O partido que chegou a ter pré-candidatura ao Governo de Minas, mas já, em evento público, declarou apoio à candidatura de Alexandre Kalil (PSD), vai, neste domingo (31), oficializar a aliança em Minas Gerais.

Federação PSOL-Rede

A Federação entre PSOL e Rede, no domingo, vai oficializar a candidatura de Lorene Figueiredo (PSOL) ao governo de Minas e de Sarah Azevedo (PSOL) ao Senado. A Rede, apesar de oficialmente ter que caminhar junto com o PSOL, informalmente já declarou apoio ao ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD).

Fonte: Bruno Figueiredo / O Tempo